Os novos horizontes de Walter Natálio

Walter-NatálioA paixão por imagens levou este fotógrafo de família a buscar novos horizontes. O geógrafo e funcionário público Walter Natálio é o novo nome das coberturas e books locais.  Depois de muitos anos da fotografia como hobby familiar, ele concretizou um sonho e decidiu por se profissionalizar. Investiu em conhecer melhor as técnicas, em equipamentos, dedicou tempo para a literatura específica, fez pesquisa de campo com amigos e resolveu encarar os desafios que precisava transpor. “Quando as revistas de moda começaram a fazer parte da minha pequena biblioteca, virei e era até motivo de chacotas para alguns, mas estava determinado a viver esta experiência” explica.
Walter lembra que agregada à vontade de se profissionalizar, estava também  a de conhecer  pessoas e lugares, de trocar ideias e adquirir conhecimento de aspectos dos quais ainda não tinha a vivência. “Queria fazer de cada imagem um momento ímpar e único,  registrar o ser humano interagindo o tempo todo”, reflete.
Apesar de pouco tempo de atuação, já tem um currículo grande, com books, aniversários, eventos  comemorativos e produções promocionais, que vão de decoração para festas e ambientes até moda, dentre outras. Mas na área de shows e espetáculos é que tem vivido o deslumbramento da fotografia: “Ali posso captar as emoções naturais e o olhar das pessoas atuando nas suas artes (circo, balé, teatro, música)”, e acrescenta: “está sendo um privilégio  fazer parte da vida de muitas pessoas, que muitas vezes nem conheço, mas me dão o estímulo para  prosseguir e  aprender cada vez mais”.
Walter fala que suas referências em imagens sempre estiveram ligadas a ícones antigos como séries de TV, os grandes clássicos do cinema e os documentários.  Mas era, sobretudo, aficionado por fotografias e ficava horas olhando as fotos de família, que eram um banquete com histórias de personagens que se apresentavam em um pedaço de papel.  “Sou do tempo da máquina Love, que era descartável, de quando mandavam revelar os filmes nas cidades grandes e levava dias para retornar, e do tempo que o  flash, que tinha apenas 4 exposições, depois era descartado. Sempre fui o fotógrafo da família. Eles nem levavam máquina para as festas porque sabiam que eu faria as fotos. Por isso, raramente saía nos registros de família, mas  não fazia questão, sempre gostei de ficar atrás das lentes”, diz.
Com a modernidade e o Facebook, Walter pode ver o resultado quase imediato do trabalho. “É uma ferramenta que tem ajudado muito na divulgação, muitos me curtiram e fizeram comentários das fotos postadas, me encorajando a alçar voôs mais altos. Também tenho amigos de profissão, como o Valmir de Lara, que ensina a dar passos no caminho da profissionalização e força e incentivo em momentos que penso em desistir”, finaliza.
Quem tiver o interesse de  conhecer o trabalho  no Facebook  acesse:  Walter Natálio Fotografia.


Sobre o Autor

Metrópole Revista
Metrópole Revista

Revista de variedades.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273