Priscilla Beatriz Carneiro

0

Priscilla-CarneiroPriscilla Beatriz Carneiro, 27 anos, médica veterinária e atriz

Estou lendo um romance do autor norte-americano Stephen King, “Angústia” (Misery), que também teve uma ótima adaptação para o cinema com o título “Louca Obsessão”. Indico tanto o livro quanto o filme, que nos mantém tensos e envolvidos do início ao fim.

Outro autor da atualidade que me chama muita atenção é Harlan Coben, com seus livros de suspense e tramas bem amarradas, que impossibilitam ao leitor parar de ler, até que sejam revelados os grandes mistérios da história. Indico dois de seus livros: “Não Conte a Ninguém” e “Confie em Mim”.

Quanto ao cinema gosto muito de animações e indico “Mary e Max – Uma Amizade Diferente”, que mostra a amizade entre duas pessoas totalmente diferentes, mas que ao mesmo tempo compartilham da mesma solidão e dúvidas existenciais, mesclando momentos cômicos com momentos dramáticos. A história nos faz refletir a respeito de diversos assuntos, como o autismo, o alcoolismo, a cleptomania, a diferença sexual e as diferenças religiosas.

Como grande apreciadora dos animais, não poderia deixar de citar um filme maravilhoso com roteiro baseado em uma história real, “Sempre ao seu lado” (Hachiko: A Dog’s Story) que mostra a forte ligação entre um cão e seu dono, demonstrando que a amizade entre seres humanos e seus animais pode atravessar os limites entre a vida e a morte. Indico a todos, é emoção na certa.

Entre os filmes nacionais, um dos que mais gostei foi “O Palhaço”, de 2011, que conta a história de um palhaço durante os anos 70 e mostra, com uma doçura ímpar, que cada um de nós tem o seu dom e que não podemos fugir disso, contrariando a própria felicidade.
Na parte da música sou admiradora de rock antigo, sendo os meus favoritos Elvis Presley, Beatles, Janis Joplin e Queen. As bandas e cantores nacionais que eu indico são Pato Fu, Los Hermanos, Penélope, Marisa Monte e Rita Lee.

Em relação ao teatro, estou lendo textos de dois autores brasileiros, Bartolomeu Campos de Queirós e Walter Paiva, ambos ótimos. O primeiro, pela sua belíssima prosa poética que encanta através da leveza das palavras e simplicidade dos textos. O segundo, pelas histórias emocionantes e envolventes.


Sobre o Autor

Renato J. Lopes
Renato J. Lopes



Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273