Camila Fiorese

0

Camila-FioreseCamila Fiorese, 29 anos, gastrônoma

Prefiro filmes baseados em fatos reais e histórias interessantes, não sou fã de ficção e terror. Recomendo “Vidas Cruzadas” (“The Help”) de Tate Taylor, que conta a história de mulheres negras nos EUA no início dos anos 60, que sofriam com o racismo e se uniram a uma jovem branca que escreveu um livro contando sobre situações vividas por negras, como domésticas e babás. É surpreendente. Um filme que me marcou muito foi “À Procura da Felicidade” (“The Pursuit of Happyness”), com Will Smith, pela lição de vida e por ser uma história real.

A maioria dos livros que leio são relacionados à minha profissão, gastronomia. No momento estou lendo “Banquete”, de Roy Strong. Sir Roy Strong descreve com detalhes a conexão entre o que acontece às refeições e a estrutura da sociedade, mostrando como o ritual que cerca a alimentação é um teatro no qual representam de maneira clara a estratificação social e as relações de poder. O livro contém muitas imagens que retratam os banquetes da época e, lendo, acabamos nos transportando para dentro da história e imaginando a vida há séculos atrás.

Li e recomendo “Passaporte Para o Sabor”, de Ronaldo Lopes Pontes Barreto. É praticamente um curso de gastronomia resumido em livro. Descreve desde temperos diversos à equipamentos de cocção. É ótimo para quem tem interesse no assunto e quer aprender mais de forma fácil e simples.

Adoro Jazz Contemporâneo, Blues e Soul porque são musicas relaxantes e muito instrumentais, mas não deixo nunca de ouvir nossa maravilhosa MPB e um bom Rock Clássico. Depende do humor e da ocasião. Tenho ouvido Alicia Keys, Michel Bublé, Bruno Mars, Dave Matthews Band, Train, Snow Patrol, Franz Ferdinand e os clássicos Michael Jackson, Dire Straits e Marisa Monte.

Gosto de arquitetura e decoração e assisto programas de TV relacionados ao assunto, como “Casa Brasileira”, no canal GNT, que mostra as obras arquitetônicas dos profissionais brasileiros e também objetos de decoração criados por eles, conhecidos internacionalmente. Como morei em Brasília por um tempo, sou grande admiradora de Oscar Niemeyer e suas obras. Extraordinário artista brasileiro!


Sobre o Autor

Renato J. Lopes
Renato J. Lopes



Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273