Livros usados: um bom negócio para quem compra e para quem vende

15

Fotografia: Fernando Nunes

O crescimento do consumo de livros digitais é uma realidade, mas isso não significa que os físicos vão acabar. E uma boa pedida, na hora da compra, são os usados, que normalmente são mais baratos que os novos, a não ser que seja uma raridade. Conversamos com os proprietários dos dois sebos de Campo Mourão para ver como anda a procura em nossa região.

O contador José Ozires Denega deixou a profissão de origem para se dedicar à cultura. Em sua loja “Trecos e Manias”, localizada no centro de Campo Mourão, ele compra e vende de tudo. Livros, quadrinhos, mangás, revistas, CDs, discos de vinil, fitas cassete, DVDs, discos Blu-ray, VHS, brinquedos, jogos eletrônicos, itens colacionáveis e muito mais. Tudo começou na adolescência, quando ele começou a colecionar gibis, revistas e livros, principalmente de ficção científica em espanhol e super-heróis, como Flash Gordon e Homem Aranha. Ele mesmo lembra que era o maior freguês da banca de revistas que existia na Avenida Capitão Índio Bandeira, esquina com a São Paulo. Tanto que posteriormente se tornou proprietário. Assim, ele chegou a ter 3 bancas de revistas na região, 2 em Campo Mourão e 1 em Peabiru, mas atualmente só atende em sua loja, onde vende livros e revistas novos e usados. A loja que começou em um shopping, está há oito anos em seu atual endereço.

Ozires vende livros e os outros artigos na loja e também na internet, pelo Mercado Livre, o que, segundo ele já corresponde à metade do faturamento. Apesar de estar ligado aos novos tempos, prefere o físico. “Você pode pegar o livro e sentir o cheiro dele. Até tentei ler livro no computador, mas não é comigo”, ressaltou.

Ele trabalha com a troca de artigos, compra e venda. Antes, claro é feita uma avaliação para saber qual o valor do material entregue e como ele vai pagar o vendedor. “Mas é tudo negociável”, afirmou. Vários produtos são obtidos em fornecedores de outras cidades, de quem ele adquire, de acordo com o interesse de seus clientes. “As pessoas vêm e me perguntam sobre um autor, um título e isso já me faz ir atrás, sem compromisso, pois sei que se essa pessoa veio, com certeza vão vir outras atrás desse produto”, explica. Ozires disse que tentou há alguns anos atrás trabalhar com o sistema de locação de livros e jogos, mas que não deu certo.

A diversidade de livros é enorme. Há livros de romance, ficção científica, literatura popular, infantis, didáticos, quadrinhos, mangás. E em várias línguas, como inglês, espanhol, italiano, alemão, romeno entre outros. Entre as raridades, se encontra o gibi “Estórias Diabólicas”, nº 3 e 23, de 1968, cada um é vendido no valor de R$ 40,00. Há também um “Almkalender”, calendário e almanaque alemão, de 1935 e 1938.

Como os negócios estão prosperando, Ozires está investindo e reformando a loja. Além dos usados, ele vai ter uma seção especial para livros novos, coleções, quadrinhos para colecionadores e bonecos de personagens e heróis. “A procura por esses itens está muito grande e são produtos com um bom valor agregado, o que vale a pena o investimento”, enfatizou.

Amor pelos livros

SAna Maria e Pedro têm uma longa história de amor com a literaturaJá Ana Maria e Pedro Furukawa (ela pedagoga e ele contador), também têm uma longa história de amor com a literatura. Ana começou como vendedora na antiga livraria Universitária, que ficava na esquina da FECILCAM, e lá trabalhou alguns anos, onde aprendeu a vender livros. Ela confessa que não pensa em fazer outra coisa. “Vou confessar pra você: não me vejo fazendo outra coisa a não ser vender livros. Já vendi calçados, já vendi roupa, móveis. Eu me apaixonei pelos livros”, disse Ana. Ela que convenceu o marido a entrar no ramo. “Eu queria abrir uma distribuidora de petróleo, mas ela me convenceu a apostar na livraria, o que pra mim também foi muito bom, pois quando era pequeno vivia na biblioteca, ‘cheirando livros’ (risos)”, recordou Pedro.

A empresa começou como sebo no ano de 2003, com o nome de Brechó do Livro, vendendo apenas livros usados. Para aprender foram a sebos em São Paulo e Rio de Janeiro, para conversar e saber como o negócio funcionava e também compravam livros, porque não havia estoque na cidade. Com o passar dos anos, as pessoas foram descobrindo o sebo e levando seus livros para vender. Hoje o sebo sobrevive apenas com livros comprados de seus próprios clientes. “Nós compramos livros todos os dias. Essa semana mesmo, uma mulher e um senhor trouxeram malas cheias de livros”, afirmou Ana.

Há 4 anos mudaram o nome da empresa para Amo Livros e recentemente separaram a loja de novos do sebo. Ambas as empresas trabalham com HQs (gibis), mangás e livros. Segundo Ana e Pedro, a procura por livros no sebo tem aumentado, na loja e na internet. Eles atendem desde 2007, pela “Estante Virtual”, um portal de compra e venda de livros usados e seminovos que reúne o acervo de mais de 9 milhões de livros de sebos e livreiros do país inteiro. Eles enviam, em média, 7 livros por dia comum, chegando a 25,  em épocas de volta às aulas.

Pedro diz que o que ele mais gosta de negociar são coleções. Quando chega, é ele quem avalia, cuida, chegando muitas vezes a ter dó de vender. “A coleção, quanto mais antiga, mais valiosa é. Pode ser José de Alencar, Machado de Assis, ou outros. Se você pegar uma primeira edição de um grande escritor, você nem sabe quanto ela vale”, ressaltou. Entre as coleções mais valiosas que já passaram por lá, está uma dos livros do escritor Júlio Verne de 42 volumes, datada do ano de 1956, que foi vendido aqui mesmo em Campo Mourão, segundo ele, raridades assim só se encontram nos sebos.

Atualmente, o acervo de Pedro e Ana tem cerca de 10 mil livros. Só na internet eles já ultrapassaram esse número em vendas. Eles estimam que nos 10 anos em que trabalham com livros, já foram vendidos cerca de 60 mil livros.

Sebo-Amo-livrosE não pára por aí. Além do atendimento na loja e na internet, eles realizam esporadicamente feiras em colégios da cidade e em outras cidades. O envolvimento de Ana é tamanho que nessas feiras ela vai caracterizada de Emília do Sítio do Pica Pau Amarelo e tem uma Kombi toda caracterizada. “Quando a ‘Marinete’ (a Kombi) chegou, eu chorei. É meu xodó. Eu adoro ela”, lembrou Ana. Eles também vão estar presentes em outros eventos relacionados à leitura, como a 1ª Bienal do Livro e Leituras, que acontece de 22 a 26 de outubro e Semana Literária do SESC, de 10 a 15 de setembro.

A cultura nos livros está ao alcance de todos, principalmente os livros usados. “No sebo existe um livro para cada um”, lembrou Ana Maria. E realmente, para quem quer ler um bom livro e mergulhar no mundo da imaginação que a literatura proporciona, basta ir a um dos sebos e escolher o título que melhor combina com seu próprio estilo, que, a um bom preço, você vai garantir sua passagem.


Sobre o Autor

Renato J. Lopes
Renato J. Lopes


15 Comentários


  1.  

    sim eu sou vera lucia e quero vender diversas coleçoes de livros bem baratinho ou troco por cadernos lapis e borrachas para as crianças com cancer




  2.  

    Eu quero comprar sim. Tô tentando entrar no site metropolerevista!




  3.  

    Brasilmix Livros

    Desde 2006 comercializam apenas online os livros seminovos e raros de 42 áreas diversas como filosofia, história, linguística, antropologia, medicina, direito, economia, entre outras.

    Visite http://www.brasilmix.com.br




  4.  

    Uma ótima opção para vender e comprar livros usados http://www.venderlivros.com.br/




  5.  

    quero vender livros direto, contador, e universitarios




  6.  

    Gostaria de vender revista da veja e você S/a




  7.  

    GOSTARIA DE VENDER REVISTAS DE ROMANCE,SABRINA ,BIANCA,PAIXAO,ETC…..




  8.  

    Estou vendendo livros do ensino médio projeto voaz todos com caderno de atividades em perfeito estado




  9.  

    boa tarde meu nome é vitor e gostaria de um kit de livros de teologia pois estou desempregado e as parcelas nao foram pagas e os livros estão dentro da caixa e sao novos ainda peguei o kit em janeiro do ano passado se puderemme ajudar eu estarei agradecido




  10.  

    Eu quero vender dois livros de Atlas de Anotomia Humana, Sobotta Volume 1,è 2, Cbeça,Pescoço e Extremidade Superior, É 1 Avaliação Musculoesquelética Quarta e dição




  11.  

    Livros fazem a diferença na vida das pessoas. somlivros.weebly.com/livros-usados




  12.  

    Tenho uma mine bibliotaeca com varios titulos de diversos autores e áreas, gostaria de vender por falta de espaço. Interessados favor entrar em contato pelo e-mail freittas.jc@hotmail.com




  13.  

    Olá a todos.Também tenho vários livros para vender, os meus são mais na área holística. Como amo livros, todos estão em ótimo estado de conservação. Quem se intereresar por favor entrar em contato, sobre preços e títulos.Grata




  14.  

    Olá a todos.Também tenho vários livros para vender, os meus são mais na área holística. Como amo livros, todos estão em ótimo estado de conservação. Quem se intereresar por favor entrar em contato, sobre preços e títulos.Grata




  15.  

    Tem aproximandamente 250 livros todos de teologia e estou vendendo tudo, se for dentro da capital de SP entrego pessoalmente, estão a venda por 5.000, asseguro que todos são de grandes autores e estão em otimo estado. Interessados e-mail caducribeiro@uol.com.br ou 11 97534-6062





Deixe uma Resposta


(obrigatório)


Nunca mais perca uma postagem. Informe o tipo de conteúdo que você deseja receber e ganhe um cupom de desconto para uma compra na metropolestore.com.

Fica tranquilo, não enviamos spam.