Banda Quase Famosos

Apesar de todas as dificuldades de se fazer música no interior do Brasil, e mais ainda no interior do Paraná, em Campo Mourão a cena musical tem vários expoentes e emergentes lutando por espaço e reconhecimento do público. Bandas, grupos, cantores e até DJs, que trabalham muito para mostrar seu talento. Nesta edição de Metrópole apresentamos a banda Quase Famosos, cujo nome (inspirado no filme de Cameron Crowe, que retrata a experiência de um fã cobrindo a banda Stillwater, nos EUA, nos anos 1970), já traduz suas aspirações.

A banda, que está em segunda formação, é composta por Caio Marques (baixo backing), Bruno Polhmann (vocalista), Elisson Correa (baterista e backing vocal), Carlos Eduardo Batata (guitarrista e backing), e toca principalmente pop rock, rock e reggae nacional. O trabalho atual é “Menina”, que começa a aparecer em rádios locais e é uma das mais pedidas nos shows.  A novidade é que nos próximos dias ela vai virar tema de videoclipe, com arranjos feitos no estúdio C&F, de Peabiru.

Apesar da agenda cheia e cumprindo datas com shows locais e pela região, os rapazes estão programando uma pequena parada nos próximos dias para acabar de gravar no estúdio a música “Erros Passados”, composta por Bruno, Caio e Batata (letra). A ideia é, até meados deste ano, produzir quatro músicas de trabalho para a divulgação do trabalho profissionalmente.

Além da cidade, os músicos têm focado a região para mostrar seu trabalho e fazer da sua arte seu meio de vida. “Estamos tocando em Campo Mourão, Goioerê e Cianorte. Dependendo do local a pedida é um show mais acústico. Mas tem sido legal porque já nos pedem a música de trabalho (“Menina”), cantam com a gente, ficam nos esperando”, fala Bruno.

“No começo era difícil, porque se vivia uma febre de sertanejo. Mas a gente também tenta inovar, tocar de formas diferentes, algo que estava faltando por aqui, e está dando certo, estão gostando, principalmente os adolescentes que levam os familiares, pessoas mais velhas que também curtem nosso som”, fala Caio.

Os músicos creditam a aprovação do público à sua grande interação e à soma de experiência de todos. “Antes da Banda, tocamos em diferentes formações e foi bom porque misturamos e encaixamos nossos estilos e foi uma sacada legal que está dando certo nos ensaios e nos palcos. Nossa cara é mais pop rock por curtir balanceado. No repertório que levamos tem Paralamas, Cazuza, Ray Charles, Seu Jorge, Raimundos, e até Velhas Virgens, que tem uma galera que sempre pede”, fala Bruno.

Os músicos ensaiam na Casa de Shows Ópera Hall, onde nas férias de verão promoveram às quartas-feiras os pocket shows “Tô de férias”. “Apesar do Pop Rock ainda ter pouco espaço, estamos buscando nosso lugar, em um barzinho legal, uma balada e outros locais para onde somos convidados. E sempre estamos mudando o repertório para mostrar nossa versatilidade. No Luau do Passarinho tivemos a oportunidade de fazer um dos shows paralelos, tinha muita gente, porque a atração principal era o Michel Teló, e fomos muito bem recebidos”, lembra Caio.

Quem quiser conhecer melhor o trabalho da Banda pode acessar as redes sociais, pelo Twitter, Facebook, e Youtube.

Contatos: Bruno – 9854-7602,
Caio – 9836-6496, Batata – 9843-6800.

Por: Regina Lopes
Fotos:  Valmir de Lara

 

 


Sobre o Autor

Metrópole Revista
Metrópole Revista

Revista de variedades.

0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma Resposta


(obrigatório)


Nunca mais perca uma postagem. Informe o tipo de conteúdo que você deseja receber e ganhe um cupom de desconto para uma compra na metropolestore.com.

Fica tranquilo, não enviamos spam.