Os encantos das águas

4

Termas-Raquel-e-SergioEles fazem parte do sucesso empresarial que projeta o nome de Iretama para o Brasil. Além disso, são pioneiros em aplicar sustentabilidade em um empreendimento hoteleiro. Os empresários e irmãos Sérgio Miguel e Raquel Miguel são filhos de Delcides Constantino Miguel e de Jurema Pompeo Miguel, aquela que dá nome ao Hotel mais importante da região, Termas de Jurema Resort Hotel.
Os empresários conversaram com Metrópole e falaram um pouco da história deste negócio de família que é reconhecido como um dos melhores eco-resorts de campo do país e um dos destinos mais interessantes para se viajar no Brasil.
Sob a administração de Sérgio Sebastião Miguel (diretor presidente), Raquel Pompeo Miguel (diretora financeira) e Valquiria Borges Miguel (diretora de compras), o Termas tem entre seus diferenciais a presença constante dos diretores no dia a dia dos hóspedes. Essa presença vai até as atrações artísticas, onde também há muito do espírito da família, especialmente com os números de circo e danças nos shows apresentados no anfiteatro.

“Nosso diferencial é o fato de sermos um Hotel administrado pela família. Estamos sempre aqui. As pessoas percebem que temos corpo técnico diferenciado e isto funciona muito bem. E entre nós da direção também há muita sintonia. Seguimos em frente, realizando o que podemos para sempre melhorar os serviços”, explica Sérgio Miguel.

A História
Aspecto interno do antigo prédioEm 1968, quando adquiriu a área, Delcides Constantino Miguel, pai de Sérgio e Raquel, via como principal objetivo aproveitar o espaço para tratamento de saúde pela água, já que o local era conhecido pelas propriedades das águas fontes. Ele construiu o primeiro Hotel, inaugurado em 1970. Na época, o lugar era feio e desmatado e teve que ser recomposto com replantio de árvores, que transformaram o meio ambiente onde estava e o visual da área. “O local aqui se parecia com um cerrado. Mas meu pai era inteligente, um visionário. Ele viu o potencial da água. Mas, como lugar, não existia nada. A única coisa que existia aqui era a fonte”, explica Sérgio.
Com o falecimento de Delcides, em 1984, sua família – Raquel, Sérgio e Nilza, Maria Aparecida e Celso, Rui e Valquíria – assumiu a empresa. A nova diretoria mudou, então, o foco do empreendimento para Hotel Resort, voltado para o lazer, e começou a investir em infraestrutura. O Termas de Antiga piscina do centro do bosqueJurema passou a se chamar Termas de Jurema Resort Hotel.
No começo, a estrutura de hospedagem contava com 32 apartamentos. Um ano depois foram feitos mais 14 e hoje o Hotel tem 188 apartamentos. Por sua vez, a primeira piscina, que era bem simples e que servia para o lazer das famílias que passavam o dia em churrascos, deu lugar a sofisticados parques aquáticos. Se no começo o Hotel era mais rústico, hoje combina natureza, modernidade e elegância, em espaços temáticos bem originais.

Natureza Rica
Conforme o empreendimento foi mudando, a diretoria foi planejando e alterando o desenho do ambiente, com replantio de árvores, Visão panorâmica da entrada do hotelpaisagismo, reflorestamento e uma nova estética para a estrutura de atendimento. Recompuseram as matas nativas, inclusive recorrendo a banco de sementes de outras matas virgens. Também plantaram muitas araucárias, mais de um milhão de pés de Palmito Jussara e mais de trezentos mil pés de eucaliptos. Hoje, toda a área do Resort está reflorestada, formando uma bela paisagem.
A recomposição da mata, feita pela direção da empresa, também permitiu o retorno de animais à natureza e estes acabaram por ser uma nova atração para o Hotel. Eles vieram naturalmente. São lagartos, quatis, esquilos, capivaras, lontras, tatus, entre outros. Além dos canários-terra, que foram trazidos do Rio Grande do Sul, outros pássaros voltaram a povoar as matas e as áreas do Resort. A administração fez disso uma atração, mantendo comedouros com frutas e sementes para que aves das 127 espécies já catalogadas possam alegrar os hóspedes, como as garças, que são grande atrativo na região dos lagos. O cuidado se expandiu para rios e lagos, que também foram cuidadosamente repovoados com peixes de várias espécies brasileiras.
O paisagismo, um dos encantos do lugar, sempre teve a coordenação da diretora Raquel Miguel, junto com profissionais especializados. “Eu gosto, faço por prazer e cuidamos de todas as áreas. São espaços onde as pessoas passeiam, vivenciam, interagem com a natureza e podem observar os animais. Arquitetamos um plano de negócios com a natureza que deu muito certo”, comenta.

Ecologia Aplicada
No Hotel Resort Termas de Jurema, os funcionários em sua maioria são naturais da localidade onde a Fazenda está inserida, na área rural de Iretama. Pela ligação que têm com o empreendimento, são bem conscientes sobre a importância da proteção e do controle ambiental. Com esta atenção toda ao ambiente, não há pernilongos, mosquitos e borrachudos e em vez de combatê-los com spray nos apartamentos, o controle ambiental ajuda a eliminar os focos e a proliferação dos mosquitos.
Na filosofia dos diretores é imprescindível que Termas seja altamente sustentável e isto tem agregado valor alto ao empreendimento, que é um dos poucos eco-resorts do país. O amplo controle ambiental começa internamente, com coleta seletiva de lixo e se estende para uma área de cinco quilômetros nas redondezas, nos vizinhos. Depois de coletado e separado, o lixo reciclável é embalado em local apropriado e segue para reciclagem para reaproveitamento industrial. É feita ainda a compostagem do material orgânico.  Além disso, o Hotel tem um sistema próprio de esgoto que trata de forma exemplar os dejetos. Estas iniciativas fazem de Termas de Jurema a única empresa brasileira do setor com a prática do lixo zero, que não colabora com nenhum lixão.
Reforçando suas ações de sustentabilidade, o Hotel não usa gás, nem eletricidade ou lenha para aquecimento da água dos apartamentos. Ela vem diretamente do subsolo, circulando com isolamento térmico em todos os blocos de apartamentos a 43 graus de temperatura.

Vista atual do hotelZelo e Carinho
Segundo os diretores, o dia a dia do Hotel é cheio de acontecimentos interessantes e os hóspedes encontram acolhimento diferenciado e experiências inesquecíveis. Na Fazenda são produzidos 100% dos laticínios e derivados de carne suína. “Além de saudável, esta forma de produção sustentável também elimina transporte, embalagens e refrigeração, colaborando assim, mais uma vez com o meio ambiente e proporcionando atrações únicas para os que vêm das áreas urbanas em busca de contato com o campo, seja em passeios pela granja onde são criados os porcos ou na ordenha das vacas”, ressalta Raquel.

É um estilo de vida, não é só negócio.

Outra iniciativa inovadora dos empresários foi implantar atrações diferenciadas que atrelam informação e lazer. Assim podem ofertar uma Casa de Chá, onde as pessoas saboreiam os chás enquanto conhecem as ervas produzidas no próprio Hotel.

Ousadia e Estilo
A ousadia dos empresários tem feito de Termas de Jurema um lugar único no Brasil, pela diversidade de atrações e opções de descanso e lazer para os hóspedes. Em meio a construções com detalhes que remetem ao luxo e à elegância dos spas europeus, é possível observar um esquilo e depois um porquinho. Tudo em um só lugar. “As pessoas se sentem bem com coisas bonitas e muitas novidades, entram num clima hollywoodiano. Fotografam e levam para os amigos, falando ‘olha que lugar bonito eu fui’ e ajudam a fazer a propaganda também”, destacam os diretores. Eles falam que é comum os hóspedesse surpreenderem e comentarem que não imaginavam que no meio da mata houvesse um Hotel de tamanha estrutura e arquitetura.
Sérgio e Raquel Miguel, ao fundo fachada do spa “Fomos harmonizando as belezas do ambiente com nossa criatividade e fantasia. Vimos que, por ser um lugar de lama negra, de água mineral, poderia ter esse lado mais romano na arquitetura. Daí fomos criando os espaços, ampliando as construções. Para o hóspede isso também é interessante, porque oferece uma fotografia melhor”, explica, Sérgio. Para Raquel “é preciso um pouco de ousadia, sem medo de disponibilizar coisas mais elaboradas. É um estilo de vida, não é só negócio. Esse é o diferencial na direção do empreendimento, não tem dúvidas”, esclarece.
Para montar o SPA de beleza os diretores da empresa se cercaram das melhores informações e implantaram um espaço surpreendente, que já foi usado para editoriais de várias publicações. Além disso, cuidaram para que houvesse uma marca própria de produtos de massagens e também podem ser usados pelos hóspedes em casa. “Acompanhamos o desenvolvimento dos produtos da nossa marca própria. Tem dado certo e quem freqüenta se sente muito bem”, fala Raquel.

PARQUE-AQUÁTICOLazer
Como estão sempre investindo e buscando oferecer novidades aos hóspedes de todo o Brasil e da América, a empresa implantou recentemente um Centro de Eventos e capelas católica e ecumênica. “Ouvimos o que os hóspedes desejam. Temos centenas de recantos para leitura, espaços para meditação, há sempre um lugar bonito para isso, mas a capela serve a todos, indistintivamente”, destacam. Além disso, este é o Hotel que oferece o maior número de atividades de lazer num mesmo ambiente, sendo elas quadras de tênis, futebol, bocha, ginásio de esportes, arborismo, parque aquático, piscinas cobertas, Spa, pista de Cooper, cavalos e charretes, pescaria, fitness, boate, roda de viola e shows todas as noites. E para ficar mais perto da natureza, trilhas nas matas e mirantes nos morros, rios e lagos.

Fotografia: Fernando Nunes e Acervo Pessoal


Sobre o Autor

Regina Lopes
Regina Lopes

É jornalista há 27 anos, editora da Revista Metrópole e jornalista da Prefeitura de Campo Mourão.

4 Comentários


  1.  

    Parabéns pela matéria, e esse Lugar é realmente lindo, um encanto a cada manhã, é como viver no Paraíso, minha família adorou, e tinha tudo o que procurávamos em um ambiente lindo, meus filhos ficaram apaixonados, e eu e minha esposa nos apaixonamos ainda mais…. Praia, nunca mais, como diz meu pequeno, vamos no Termas da Jurema… Termas de Jurema, um lugar para os apaixonados se apaixonarem…




  2.  

    Realmente "TERMAS DE JUREMA È UM PARAISO".




  3.  
    Linda Penteado Dutra

    Conheço Termas de Jurema desde quando minha filha tinha 4 anos, hoje ela tem 26 anos, acompanhei seu crescimento e na época já era linda, hoje ela é o meu paraíso, sempre que dá nós vamos para lá, amo demais este lugar"Meu Paraíso"…




  4.  

    Meus avós e pais éram muito amigos do Sr. Delcides e dona Jurema em Campo Mourão. Quando quebrei o meu braço, o sr.Delcides nos levou para Maringá no seu belo carro impala, nunca esqueci disto.





Deixe uma Resposta


(obrigatório)


Nunca mais perca uma postagem. Informe o tipo de conteúdo que você deseja receber e ganhe um cupom de desconto para uma compra na metropolestore.com.

Fica tranquilo, não enviamos spam.