No tempo das Monaretas

12

Nem todo apaixonado por bicicletas adquire elas só para passear. Emerson Peliser é um colecionador de Monaretas. São bicicletas aro 20, da marca Monark, fabricadas entre 1967 e 1989. O hobby de colecionar bicicletas é bastante comum entre pessoas interessadas em guardar um pouco da história deste meio de transporte e lazer tão popular.

Foi em um encontro de carros antigos, realizado em Campo Mourão em 2012, que Emerson teve o desejo de começar sua coleção de Monaretas. As bicicletas aro 20, fabricadas pela Monark, entre 1967 e 1989, ficaram populares entre crianças e adolescentes da época e foi um dos grandes sucessos da marca. Emerson relembrou que quando criança possuiu uma dessas e percebeu que poderia ser divertido aprender mais sobre elas.

Garimpando em Campo Mourão e região e também via internet, em sites de compra e pelo Facebook, ele começou a descobrir e entender os diferentes modelos e a adquirir as Monaretas que mais lhe chamavam a atenção. Emerson sempre leva em conta a qualidade e originalidade e compra de colecionadores ou de antigos proprietários dispostos a abrir mão delas. “Conforme você vai pesquisando, você vai comprando peças em melhor estado de conservação e originalidade e a coleção vai ficando mais interessante. Todas têm suas marcas do tempo, tendo assim cada uma a sua história”, explica.

Mas nem sempre foi assim. As primeiras Monaretas que comprou foram em ferros velhos da cidade, e que precisavam de total restauração, sendo necessária a compra de várias peças de reposição. Ao final da restauração o custo ficava muito alto e as bicicletas não agradavam. Por esse motivo, Emerson agora coleciona apenas as de pinturas originais.

Essa paixão por bicicletas antigas não é só de Emerson. Na internet espalham-se grupos, fóruns de discussão, blogs e sites sobre o assunto. Há quem colecione as bicicletas da Monark, há quem guarda todo tipo de bicicleta e há quem prefira somente a linha das Monaretas. Todos eles formam uma rede de troca de ideias, informações, compra e venda de peças e quem possui algo antigo, raro ou particular se torna atraente para os colecionadores. Até uma pintura diferenciada, um defeito de fábrica é valorizado.

A Monareta mais antiga que Emerson possui é de 1968. Ela está desmontada porque ele ainda não encontrou o banco original. Possui ainda Monaretas dos anos de 68, 69, 70, 72, 74, 75, 76, 79 e ainda duas Monarks do modelo Tigrão, anos 72 e 75. “O modelo Tigrão, só gente com muito dinheiro conseguia comprar. A Tigrão ano 72, toda original, fui buscar em Nova Esperança (PR)”, acrescenta.

“Eu encontrei na internet uma mulher vendendo uma Monareta na cor vermelha, ano 72. Por telefone demonstrei meu interesse pela bicicleta, e perguntei desde quando ela tinha aquela Monareta. Ela respondeu: desde que meu pai me deu ela quando eu era criança. Aí eu falei comigo mesmo: é essa mesma que eu quero”, conta. O problema é que ela não sabia como enviar, então Emerson pediu para ela levar a bicicleta até a casa de Daniel Novo, um amigo dele, residente não muito longe da casa da dona da Monareta, que reside no Rio de Janeiro. “A bicicleta ficou alguns dias na casa dele e ele até a levou em um encontro de bicicletas antigas. Tirou fotos da Monareta no encontro. Ele colocou uma plaquinha com meu nome pra marcar o território”, relata e ri o colecionador.

“Em outra ocasião, também pela internet, localizei uma Monareta na cor verde, ano 74. A pessoa disse que a bicicleta era da mãe dela e que ganhou quando criança. Ele estava vendendo para juntar dinheiro para comprar uma moto de 1.000 cilindradas. Mais uma para minha coleção (risos). Essa veio de São Paulo para Campo Mourão”, contou Emerson. Segundo ele, o fato de elas estarem guardadas desde aquela época comprova a originalidade.

A empresa Monark não deixou muitos registros históricos sobre a Monareta e isso também aguça a curiosidade dos colecionadores. “Quem tem essas bicicletas todas originais vai passando informações para outros colecionadores. Não existe registro oficial sobre elas. As informações que a gente tem são de catálogos antigos que alguém guardou e através da troca de informação adquirida das bicicletas que ainda conservam suas pinturas e peças originais”, conta Emerson. Vale tudo, desde conversa com quem trabalhou na linha de montagem na fábrica da Monark até compartilhamento de fotos e detalhes para encontrar particularidades e novos pedaços na história das Monaretas.

Mesmo fazendo ótimas aquisições, ele ainda espera encontrar a Monareta que inspirou a coleção: a da sua infância. O modelo é de 1977 de cor dourada. Foi o proprietário da casa em que morou quando criança que se lembrou dos detalhes. “Um dia eu estava em Maringá e resolvi procurar a casa onde morei quando criança. Encontrei os proprietários da casa, que ainda moram lá. Em conversa com ele, falei que atualmente colecionava Monaretas e ele me disse que a que eu tive era de cor dourada, ano 77 usada, e que foi comprada por meu pai de um antigo vizinho já falecido. Mas um dia eu encontro uma dessa”, espera o colecionador.

Emerson pretende possuir pelo menos um modelo de cada ano e atualmente possui mais de 15 Monaretas em sua coleção. No início de outubro de 2014, mês das crianças, as Monaretas, junto com triciclos, jipe de lata e lambreta de pedal, também de propriedade de Emerson, estarão expostos na hall de entrada do SESC de Campo Mourão-Pr.

Fotos: Fernando Nunes


Sobre o Autor

Liandra Cordeiro
Liandra Cordeiro


12 Comentários


  1.  

    Voltei a minha infância, parabéns pela matéria !!!




  2.  

    Que sdd,bons tempos,vou montar uma pra guardar de recordação,parabéns pela matéria!




  3.  

    Sou proprietario de uma ano 73 que ainda falta na coleção deste meu amigo, ta um dilema nossa negociação, rsrsr




  4.  

    Tenho uma 1972, preciso vendê-la. Mas quero que seja para alguém que vá cuidar com carinho.




  5.  

    ola! eu tive uma monark monareta ano 1974




  6.  

    Tenho entre outras uma monareta 67 vermelha e branca para restaurar, preciso saber a exatidão da sua pintura e o modelo das suas peças de montagem. Esta coleção dá orgulho em saber que existe… Parabéns!




  7.  

    quem pode me a judar a encontrar o ano deuma monareta q com prei pelo q pesquisei elaesta entre anos 75 e 8O, ela tem um emblema na frente ja achei na internet mas não consegui ver q ano?




  8.  

    quem criou esta bicicleta e bem criativo achei linda




  9.  

    eu acheiuma monareta e gostaria de saber o ano dela…
    Como faço para descobrir apartir de dicas?




  10.  

    Erick Lewis já vendi a alguns meses. Mas fiquei contente pois foi uma pessoa que com certeza cuidará muito bem . Obrigada.





Deixe uma Resposta


(obrigatório)


Nunca mais perca uma postagem. Informe o tipo de conteúdo que você deseja receber e ganhe um cupom de desconto para uma compra na metropolestore.com.

Fica tranquilo, não enviamos spam.