Um glutão na Internet

0

Imagine só ir a qualquer cidade do Paraná e encontrar, na internet, um guia para saber o que comer em cada lugar?
O professor de química Denny César Faria não só imaginou como está colocando a ideia em prática. Foi assim que surgiu “O Poderoso Glutão”, blog que alimenta – literalmente – há cerca de dois meses. Agora ele visita os locais, faz seus pedidos e quando a conta chega, já tem uma opinião formada para contar para seus leitores. Os primeiros locais dessa lista são aqui de Campo Mourão, alguns bem conhecidos.
Glutão desde criança, acostumado a visitar muitas cidades e a procurar informações na internet sobre bons locais para comer, Denny se deparava sempre com endereço e telefone dos locais, mas nenhuma opinião. “Sentia falta de informações, mas também dessa pegada mais intimista sobre os locais”, conta.
Foi aí que ele resolveu juntar a fome com a vontade de comer, começando aqui mesmo por Campo Mourão, onde mora. Criou o blog e foi experimentar novos lugares e revisitar os velhos, buscando sempre degustar coisas novas e postar tudo na internet. O resultado? Muitos acessos e um blogueiro com ainda mais vontade de comer e escrever sobre a comida. “Queria fazer isso havia bastante tempo, mas aí comecei e passei o endereço para os meus alunos, espalhei pelas redes sociais”, conta.
Hoje o número de acessos diários gira em torno de 200, mas ele quer não só aumentar o número de visitas, como também o número de cidades que apareceram em suas listas. O plano é, em três anos, visitar todas as cidades do Estado que possuem uma estrutura mínima – não entram nessa lista cidades com menos de 10 mil habitantes. Por visitar, entenda-se: fazer três refeições. Por isso ele já começou a testar lugares em Umuarama e Cianorte e tem planejado também cidades menores da região. Para as férias escolares, o roteiro já está definido, todo pautado em trazer mais e mais posts para o blog, mas focado na região Noroeste.
Quem lê as postagens do Denny, no entanto, não imagina que por trás de tantas experiências gastronômicas e muitas e muitas porções de comida está um rapaz magrinho, com cara de quem não se esbalda em refeições pesadas. “Posso até ser magro, mas o colesterol já está lá em cima”, brinca.
O gosto pela comida ele pegou ainda menino, mas alimenta uma paixão que pouca gente conhece: gastronomia molecular. Sim, a química não poderia ficar de fora. Apesar do interesse pelo assunto, só fez algumas experiências – ou receitas – no laboratório. Para o dia a dia, ele prefere comer fora e, claro, contar se a comida é boa, pra todo mundo.
Quer conferir? Dá uma espiadinha: opoderosoglutao.blogspot.com.br


Sobre o Autor

Gracieli Polak
Gracieli Polak

Gracieli Polak é jornalista e blogueira, especialista em escrever sobre quase todo assunto – especialmente os que lhe agradam.

0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma Resposta


(obrigatório)


Nunca mais perca uma postagem. Informe o tipo de conteúdo que você deseja receber e ganhe um cupom de desconto para uma compra na metropolestore.com.

Fica tranquilo, não enviamos spam.