Pergolados

Os pergolados, também conhecidos como pérgolas, são estruturas dispostas paralelamente, apoiadas ou ligadas em outras vigas, que ficam em áreas abertas como muros, jardins, varandas, entradas, fachadas, próximas a piscinas, praias e até em praças.

Sua estrutura pode ser encontrada em aço ou ferro, madeira, bambu e concreto. Já a estrutura pode ou não conter plantas, como as trepadeiras, que contribuem para a proteção do sol e/ou da chuva e também criam espaços de lazer e interação com a natureza.

Devido a sua versatilidade nos ambientes, com o passar do tempo os pergolados foram sendo usados para outras funções, como casamentos, lanches, almoços e jantares, meditação e ioga, festas, entre outros.

É um recurso muito utilizado na arquitetura, pois além de garantir redução na incidência solar, oferece efeitos de sombra que geram ambientes ricos e confortáveis e também criam áreas de transição interessantes.

Dicas importantes:

  • Os móveis que ficam embaixo dos pergolados devem ser confortáveis e estar em sintonia com as plantas e com a decoração do ambiente;
  • É indicado que as plantas sejam fixadas diretamente no solo;
  • Devem ser feitas podas nos momentos corretos, quando a planta ainda é jovem, na floração e depois para controlar o volume;
  • A rega deve ser feita de preferência de manhã e a tarde;
  • O modo de fixação e a condução variam de acordo com cada planta;

Trepadeiras indicadas para pergolados

O pergolado ganha vida quando é revestido por plantas. No momento da escolha das trepadeiras deve ser levado em consideração o tipo do ambiente, se a espécie escolhida está de acordo com a altura da estrutura, se a estrutura irá suportar o peso das plantas, as condições climáticas ideais para cada planta, além do efeito estético que se quer obter.

As trepadeiras acrescentam charme e beleza aos mais variados projetos de paisagismo, seja na forma de cercas, arcos, em um canto da casa, em um caminho, no centro do jardim ou na extensão da casa formando uma varanda.

Dependendo da sua necessidade e desejo, pode-se escolher trepadeiras vigorosas que sombreiem bem a área, como a tumbérgia-azul e a trepadeira-jade, ou mesmo trepadeiras leves e anuais, que acrescentam graça ao local sem pesar no visual, como a clemátis e a sete-léguas.

Trepadeiras lenhosas e pesadas exigem uma estrutura mais reforçada, enquanto que as herbáceas e mais delicadas vão bem em qualquer tipo de material.

Inspire-se nos pergolados abaixo e garanta charme e elegância ao seu ambiente:

 


Sobre o Autor

Metrópole Revista
Metrópole Revista

Revista de variedades.

2 Comentários


  1.  

    na minha casa estou providenciando um desse esta quase pronto




  2.  
    Nelsi Schneider

    Em breve terei na minha casa, ja estou providenciando…





Deixe uma Resposta

(obrigatório)