Keret House na Polônia

É claro que muitos de nós aspiramos a casas maiores, com vistas deslumbrantes e jardins sem fim. Porém, o arquiteto polonês Jakub Szczesny posicionou-se do outro lado, com uma criação de uma casa que é tão estreita que não há nem espaço para uma escada confortável.

A Keret House é um dos edifícios mais finos do mundo. Situada em Varsóvia, na Polônia, esse projeto arquitetônico promete chamar a atenção da mídia mundial. O compacto lar está localizado entre dois edifícios de épocas distintas, um deles foi construído na Segunda Guerra Mundial e o outro pertence ao período do Pós-Guerra.

A casa mede 92 centímetros no seu ponto mais estreito e 152 centímetros no seu ponto mais largo. A área total equivale a 44 metros quadrados, tornando-se assim a casa mais estreita do mundo. Ela não oferece luxo.

O desenho final faz uso de uma estrutura de aço leve construída a partir de pequenos módulos. O compacto espaço conta com cozinha, quarto, banheiro, sala de estar e escritório. Não há espaço para janelas, neste caso a luz passa através das telhas transparentes que dão uma sensação de espaço. A geladeira é muito pequena, a pia é em miniatura e há ainda uma porta de correr que esconde o banheiro. Apesar de ser muito, muito compacta, ela tem em si tudo que uma casa precisa.

Pela lei polonesa, a Keret House não pode ser considerada uma residência, devido ao seu tamanho, neste caso foi classificada como uma instalação de arte e é uma propriedade administrada pela Fundação de Arte Polonesa. Definitivamente não foi concebida para uma família morar, a Keret House é apenas uma instalação para escritores ou uma única pessoa passar o tempo.


Sobre o Autor

Metrópole Revista
Metrópole Revista

Revista de variedades.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273