Santo espinho!

Com espinhos pontiagudos, cruzados ou com penugem, e ás vezes até com flores, os cactos atraem muitos fãs pelas suas características exóticas e texturas diferentes. Essas plantas da família das cactáceas são originárias da América do Norte e gostam de sol, mas odeiam umidade. A maioria dos cactos apresentam crescimento lento e espinhos, que não são venenosos, porém machucam.

Todos os cactos são suculentas, pois em alguma parte da sua estrutura reservam água. Mesmo assim, os cactos, como qualquer outra planta necessitam de água, por isso, regue a cada 15 dias, preferencialmente quando a terra já estiver seca.

Os cactos são plantas de sol pleno, mas são super adaptáveis e podem viver dentro de casa também, desde que recebam luminosidade. Gostam de solo seco e substrato bem drenado, para isso, misture areia lavada e cascalhos a terra. O uso de terra vermelha pode causar encharcamento e matar o cacto. A adubação deve ser feita a cada três meses utilizando fertilizante de liberação lenta.

 

Existem cactos de todos os tamanhos, desde as versões mini até os de grande porte. Podem ser plantados em vasos, mas é necessário estarem de acordo com as suas proporções e tamanho da planta. Evite podar os cactos, pois sua aparência fica feia e com aspecto de decepada. Os cactos também podem ser atacados por pragas, principalmente cochinilhas e ácaros, que podem ser eliminados através da aplicação do óleo de Neem.


Sobre o Autor

Metrópole Revista
Metrópole Revista

Revista de variedades.

0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma Resposta


(obrigatório)


Nunca mais perca uma postagem. Informe o tipo de conteúdo que você deseja receber e ganhe um cupom de desconto para uma compra na metropolestore.com.

Fica tranquilo, não enviamos spam.