Exuberantes Bromélias

Exuberantes, resistentes e de fácil cultivo. As bromélias são a cara do verão e estão sendo utilizadas cada vez mais no paisagismo de muitas residências e apartamentos, fazendo com que os jardins ganhem beleza e charme. Isoladas ou em grupos, formam belíssimos conjuntos nos projetos paisagísticos.

Ao contrário do que muitos pensam, as bromélias não são parasitas, elas são plantas epífitas, terrestres e rupícolas, e compõem uma das famílias de plantas mais adaptáveis, já que apresentam uma espantosa resistência para sobreviver e apresenta infinitas variedades de formas e combinações de cores.

Bem famosa por sua forma escultural e suas flores exóticas, sua forma pontiaguda pode parecer agressiva, porém essa característica torna sua beleza inevitável. Há bromélias para todos os ambientes: sol pleno, meio sol e sombra.

As bromélias não devem ser eliminadas como medida de prevenção contra a dengue, mesmo por que seu tanque de reservatório de água é usado para estocar os nutrientes necessários para o seu crescimento, também pode ocorrer a reprodução de muitos insetos, porém em uma pesquisa realizada pelo Instituto Oswaldo Cruz, da Fiocruz, não foi detectada a presença das larvas do Aedes.

Dicas especiais:

  • As bromélias podem crescer em quase todos os solos, desde que sejam levemente ácidos e bem drenados;
  • As bromélias gostam de ter suas raízes molhadas, mas de forma moderada;
  • Claridade em luz difusa  é a condição preferida pela maioria das bromélias;
  • Deve-se ter critério quanto à adubação, pois elas são muito sensíveis e absorvem os nutrientes com muita facilidade;
  • Apesar de muito resistentes, são suscetíveis a fungos, pragas e doenças;
  • São plantas tropicais, por isso gostam de locais com temperaturas elevadas e bons índices de umidade e ventilação;
  • As bromélias atingem a maturidade e florescem em diferentes idades – de meses a dezenas de anos – dependendo da espécie e do ambiente;
  • A floração ocorre apenas uma vez durante seu tempo de vida, após isso a planta desenvolve uma brotação lateral que substituirá a planta que irá morrer.

Sobre o Autor

Metrópole Revista
Metrópole Revista

Revista de variedades.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273