Como renovar a casa

0

Fim de ano passou, ano novo começou, e nada como renovar a casa para trazer novos ânimos! Mas vamos falar de mudança sem reforma, sem quebra-quebra. Confira dicas de como alterar o visual da casa, sem gastar muito (tempo e dinheiro).

Tintas: Já experimentou simplesmente mudar a cor das paredes? Se for uma parede só, melhor ainda. Escolha a parede que considera a principal do ambiente, e mãos-à-obra! Um toque de cor mais escura ou mais ousada cai bem quando o assunto é não passar despercebido.

Quadros: Cansou deles? Que tal tirá-los de vista? Às vezes, a melhor solução é simplesmente usar: nada! Se você já tem algo em mente para substituí-los, vá em frente. Mas mudar de obra ou gravura, usando o mesmo local, pode continuar cansativo.

Fotos:  Se quiser deixar a casa mais aconchegante, mas não curte obras de arte espalhadas pelas paredes, use fotos! Books individuais, de família, de eventos ou viagens são sempre uma boa alternativa. Lembre-se de selecionar fotos de boa resolução e organizar a distribuição, para que não fique um monte de informação sem critério.

Adesivos: Uma solução econômica e versátil que traz cara nova com pouco esforço. Desde um pequeno decalque, até um grande painel, pode criar diferentes atmosferas, ser usado em todos os cômodos, e o melhor: ser retirado ou substituído quando quiser, sem danos às paredes (dependendo do tempo que ficar aplicado).

Wall Washer: Nem quadros, nem fotos ou adesivos? O efeito de luzes na parede, projetadas por luminárias no teto ou no chão, fica muito bonito e clean, por criar uma “parede lavada”, como é conhecido esse efeito, por ‘lavar a parede de luz’.

MDF: Uma opção sustentável é usar um painel de fibras de madeira que, além de versátil, tem excelente custo-benefício.

Papel ou tecido de parede: Neutros, sofisticados, modernos, românticos… É uma infinidade tão grande de temas, cores e texturas que será impossível não encontrar algum produto que agrade, e que dê aquele upgrade no ambiente.

Peças coloridas: Está tudo muito neutro ou muito sério? Invista em alguma peça colorida. Molduras azul turquesa, aparadores amarelos e até aquela velha conhecida geladeira retrô vermelha estão super em alta e dão aquele toque de cor renovador, além do quê, essas peças serão o centro das atenções, e dos elogios!

Plantas: Um verdinho natural é sempre bem-vindo nos ambientes internos. Além de vivacidade, folhagens e flores trazem sofisticação e imponência, dependendo da espécie eleita. Mas é importante observar a luminosidade, ventilação e incidência de raios solares no local que receberá as plantas, para que elas não entrem em sofrimento.

Verde artificial: Se você não tem paciência ou dom para cuidar de plantinhas, escolha plantas artificiais, mas, se sua intenção é economizar em alguma coisa, será em tempo, pois plantas mais fiéis às reais tem custo elevado.

Espelhos: É indiscutível a ação positiva que esses objetos trazem aos espaços. Eles decoram, ampliam os ambientes, refletem luminosidade, e bagunça! Por isso é fundamental que o local em que ele ficará seja muito bem escolhido e bem posicionado, para evitar revelações indesejadas.

Com essas dicas será possível fazer uma pequena revolução. Para ter uma casa aconchegante não é preciso muito mais do que criatividade e disposição. Um pouco de investimento sempre é necessário, mas muitas vezes, mudar a posição do sofá já ajuda, então, capriche!


Sobre o Autor

Raíssa Schebeleski
Raíssa Schebeleski

Designer de interiores residenciais, comerciais e paisagismo. Assessoria em acabamentos e decoração.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273