O ballet na infância e o desenvolvimento corporal

A infância é uma fase lúdica, em que a criança possui uma energia interminável, extravasada através de ações como correr, pular, subir, descer, etc. Parecem estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Esta é a fase do tocar, encontrar, conviver. É aqui que acontece a descoberta do próprio corpo e do corpo do outro, onde ela encontra diferenças e semelhanças e se reconhece como ser humano.

BalletAs aulas de ballet, como uma atividade artística extra na rotina das crianças, só tem a contribuir de forma positiva na construção e na descoberta do corpo como um todo, nessa fase de desenvolvimento. O desenvolvimento corporal acontece em um conjunto de desenvolvimentos cognitivos e afetivos. A descoberta do corpo, das sensações, dos seus limites e movimentos é muito importante para a criança. É nessa fase que ela está construindo sua imagem corporal. As atividades psicomotoras que o ballet aborda, como flexibilidade, equilíbrio, coordenação motora, musicalidade, lateralidade, entre outras, são essenciais nessa construção.

O movimento, o dinamismo e a liberdade são vividos intensamente pelas crianças. Momentos de criatividade são características ativas da aula de ballet infantil: a criação individual ou em conjunto, o momento de liberdade e a construção própria do movimento ajudam no desenvolvimento psicossocial e, acima de tudo, estimulam o desenvolvimento da criança como um ser criativo diante da sociedade.

A criança fantasia muito nessa fase da vida e praticar o ballet nesse período pode ajudá-la a explorar essa fantasia, pois as aulas abordam a imaginação como metodologia de ensino/aprendizagem e estímulo para a criação.

As brincadeiras também são bem vindas, pois elas possibilitam a introdução dos conceitos e princípios básicos do ballet na infância. A brincadeira diverte e ensina. Aprender brincando e explorando tudo ao seu entorno, possibilita que ela se organize, tanto no aspecto motor, como no sensorial, ampliando assim seus conhecimentos de corpo/espaço/mundo.

Crianças precisam se mover! E o mover dançante pode ser interessante. Quem sabe o ballet ajude no processo de desenvolvimento de seus filhos? Experimente!


Sobre o Autor

Isabela Schwab
Isabela Schwab

Bailarina e professora de dança, Mestranda em Dança pela UFBA, Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança pela UFBA, Graduada em Licenciatura e Bacharelado em Dança pela FAP, Certificada em Pilates Matwork pelo Demarkondes Pilates®/PhysicalMind Institute® de Nova York.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273