Dança Criativa: a arte da dança além de passos codificados

shutterstock_71307433A dança criativa ou dança contemporânea infantil é uma prática de dança que tem o foco voltado para instigar a capacidade de criação. Baseia-se na organização espacial do movimento e na sua qualidade, ritmo e dinâmica. É uma forma de comunicação através do movimento.

É voltada para crianças a partir de quatro anos de idade e propõe a descoberta do corpo, do movimento e suas potencialidades. Busca desenvolver na criança uma identificação motora, de equilíbrio, lateralidade e coordenação através de movimentos dançantes.

Na infância a aprendizagem das habilidades motoras acontece permeada de experimentações variadas de fatores do movimento (peso, fluxo, tempo e espaço) de forma habitual. A criança se desloca rastejando, deslizando, inclinando, rolando, explorando apoios invertidos, mas ao passo que ela vai crescendo, essas ações vão diminuindo e a dança criativa vem para que haja uma continuidade nessa exploração, que é tão importante para o seu desenvolvimento.

Nas aulas de dança criativa privilegiam-se temas básicos de movimento e suas variações, ao invés de uma série de exercícios codificados e repetitivos. O trabalho desenvolvido visa incentivar o prazer do movimento e o autoconhecimento por meio da dança.

Através de percepções sensório-motoras, o trabalho procura orientar a criança na descoberta das possibilidades corporais e na investigação da sua linguagem, devolvendo a consciência, a criatividade e a expressividade do corpo. Assim, ela adquire maior controle dos seus movimentos, passando a ter maior autonomia para explorar o mundo que a rodeia.

A dança criativa atua de forma descontraída, para que cada aluno dance livremente dentro de uma proposta e se sinta capaz de ajudar na construção de uma coreografia. Ela estimula a criatividade e auto-expressão, ao proporcionar uma atmosfera amigável, informativa e aberta, criando um ambiente de aprendizagem positivo, onde todos estão para compartilhar experiências corporais, sem competitividade e julgamento do certo ou errado. Além disso, ela pode melhorar o desenvolvimento social através dos jogos lúdicos imaginativos e das atividades cooperativas.

Mas além de estimular a criatividade e facilitar a descoberta de novas formas de ações no mundo, praticar dança criativa na infância como forma de aprendizagem é sinônimo da construção de seres mais ativos e criativos na vida adulta.
Dê a oportunidade ao seu filho de experimentar o prazer em expressar-se criativamente através da dança.


Sobre o Autor

Isabela Schwab
Isabela Schwab

Bailarina e professora de dança, Mestranda em Dança pela UFBA, Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança pela UFBA, Graduada em Licenciatura e Bacharelado em Dança pela FAP, Certificada em Pilates Matwork pelo Demarkondes Pilates®/PhysicalMind Institute® de Nova York.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/metropolerevista/metropolerevista.com.br/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273